RevisadoSem signo

Você não pode ser refém do medo

Você sabe disso, né? Mas será que você aplica? Será que você entende a importância disso ou você acha que o medo é um processo natural? O Guru Astral está aqui para dizer que nem sempre é e que muitas vezes a gente se sabota por achar que já sabe o que vai acontecer e que não quer passar por determinado sofrimento de novo. Eu lhe digo que se você sofrer mais uma vez é sinal de que você não aprendeu o que tinha que ter aprendido no passado. Não é natural você sofrer com mais intensidade ou mesma intensidade sobre um mesmo assunto. É sinal realmente de que não houve evolução e que você precisa trabalhar nisso.

Eu não estou aqui para desfazer a importância que o medo tem nas nossas vidas. Muitas vezes é o medo que nos segura de certa simplicidade que não vai trazer resultados bons para o nosso desenvolvimento. Porém, é necessário entender que quanto mais a gente fica trabalhando em cima do medo, mais a gente não aprende que oportunidades não devem ser dispensadas. Eu quero te lembrar quantas vezes você achou que se fizesse alguma coisa ia dar um resultado negativo e quando você fez você viu que foi totalmente ao contrário do que você tinha imaginado.

Você já imaginou se você parasse nisso? Você não teria tido a oportunidade de experimentar uma coisa tão excelente quanto o que aconteceu contigo. Você teria deixado de viver uma parcela significativa da sua vida e aprendido que o medo muitas vezes não tem razão. Ainda não se sabe dizer de que fruto vem o medo. Porque ele tem raízes nas nossas inseguranças e na nossa percepção de realidade. Porém, ele vem muito mais profundo do que isso, e é uma coisa que a gente precisa estudar com o tempo e com muita paciência.

Mesmo que você quebre a cara e veja que uma coisa não deu tão certo quanto deveria, é necessário que você passe por cima disso. Às vezes esse processo que não deu certo vai se encaixar numa coisa futuramente que você nem tem capacidade de enxergar ainda. Só que você precisa se dar a chance para que o fluxo continue correndo devidamente e no seu tempo. E não precisa ser de uma hora para outra, mas trabalhar continuamente todos os dias pode lhe trazer uma grande transformação dentro da sua personalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar