RevisadoSem signo

Não deixe de amar

Eu sei que diversas pessoas já lhe deram motivos suficientes para você achar que o amor é uma coisa ruim. E para complementar um pouco mais isso, você acabou encontrando pessoas que se decepcionaram igualmente e também lhe deram outros motivos para você não prosseguir acreditando que o amor é algo bom de verdade.

Só que no meio de tanta decepção, o Guru Astral sugere que você faça uma reflexão e pense no que todas essas decepções ensinaram para você. Quero que você se lembre também das pessoas de quem você disse que gostava e que veja se hoje todas elas têm a ver com aquilo que você é.

Sobre algumas delas, você com certeza vai rir e se perguntar o motivo de ter gostado tanto. Nem vai entender direito o que foi que fez que você gostasse dessa pessoa e vai achar que você tinha enlouquecido naquela época. Independentemente se você enlouqueceu ou não, o que importa é que você perceba que hoje você consegue entender que aquela pessoa não tinha nada a ver com você e foi ótimo que ela não tenha lhe dado a chance de continuar a achar que poderia ter tido uma oportunidade de dar certo contigo.

Hoje, você consegue perceber que algumas das pessoas que cruzaram a sua vida e despertaram o interesse realmente tiveram um grande papel, mas também tiveram a sua saída triunfal.

Isso pode estar acontecendo ainda na sua vida, e pode ser que daqui a alguns anos você venha a olhar para o momento que você está passando agora e perceba que essa pessoa de quem você está gostando e que te decepcionou não tem nada a ver com você. Então é ótimo ter esse olhar e perceber que às vezes a gente sente umas coisas bem doidas e acaba indo para caminhos que não nos representam, mas em algum momento a vida vai mostrar para onde a gente deve ir, e isso é bastante válido.

A partir do momento em que você percebe que as decepções são grandes oportunidades de você contornar a sua estrada e ter a chance de esbarrar em quem realmente foi feito para dividir o caminho com você, você realmente entende o sentido da vida. Não adianta você continuar dando murro em ponta de faca e falar que a vida é extremamente injusta e coloca no seu caminho apenas as pessoas que não foram feitas para você. Pode ser que a partir dessas pessoas que aparecem no seu caminho a própria vida esteja lhe chamando a atenção sobre uma coisa que até agora você não conseguiu ver.

Todos nós temos o que aprender com todas as pessoas que cruzam os nossos caminhos, mas não é porque não foi da forma como a gente achava que deveria ser que nós temos que diz acreditar na principal coisa que faz a gente continuar vivo: o amor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar