RevisadoSem signo

Ela não vai insistir

E por que deveria insistir? Seria insistir em uma coisa que já foi assistida diversas vezes e que não leva a lugar nenhum, até que enfim pensou que seria melhor continuar a tentar para ver se algum dia isso iria mudar. Só que quanto mais se tentava, percebia que mais energia era desgastada.

Talvez agora você tenha chegado no momento em que você percebeu o que você tinha nas suas mãos e acabou perdendo. Talvez você tenha se dado conta do quão valioso era tudo o que você tinha construído, mas por alguma armadilha do destino tudo acabou indo. As coisas acabaram se dissolvendo, se destruindo. Você não teve como fazer muita coisa, e o Guru Astral lembra bem que na época você não quis fazer nada a respeito. Você não fez nada a respeito porque achou que ia ficar muito bem sem aquilo e achou que essa pessoa iria ser mais uma pessoa a passar batido.

Mas depois que você deu sua resposta e foi embora, com o passar do tempo percebeu que definitivamente não era isso. Percebeu que realmente tinha muito mais em jogo e que era o momento de você recuperar. Só que já deu tempo de a outra pessoa esperar e dar novas segundas chances. Porque, por mais que ela tenha assumido diversas vezes, a culpa para poder se reconciliar também estava dando com uma nova oportunidade para você perceber que você tinha erros a consertar.

Erros esses que você nunca assumiu porque tinha muito pelo que se orgulhar. Você não abriu a boca uma vez sequer para poder se desculpar. Você nem fez questão de demonstrar o quanto você era capaz de gostar dessa pessoa sem criticar. E isso fez com que ela começasse a se cansar e perceber que não valia mais a pena continuar. Fez muita gente também concordar que era melhor terminar tudo do que se machucar.

E agora você percebe que dói não ter mais alguém do seu lado para poder compartilhar suas experiências e não ter mais aquela pessoa que era a única capaz de entender tudo o que você tinha a falar. Seria bastante digno da sua parte se você fosse atrás. Se você falasse o quanto você foi uma pessoa imatura e mimada. Adiantaria bastante se você parasse de colocar e comparar as experiências e as coisas que a pessoa falou com o nada. Isso mostraria que você se arrependeu, e não que você tentaria mostrar como o outro estava errado.

Até agora, eu não vejo erro nenhum nele. Até agora, eu vejo o esforço descontrolado de uma pessoa tentando fazer você acertar. E no meio disso tudo, deixando um sentimento se instalar. É lógico que as coisas poderiam ter sido melhores e vocês poderiam ter se entendido a ponto de fazer o que pensavam e o que sentiam se conectar.

Só que agora é tarde demais para falar. É tarde demais para se lembrar e tentar ver no que dá. Porque essa pessoa não vai mais existir, e você não tem mais nenhum lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar