RevisadoSigno de Áries

Uma ariana jogando a real

Que bom que você veio, até porque preciso lhe jogar a real. Sério mesmo. Não tô mentindo, aliás, eu não entendo o porquê de as pessoas fazerem isso. Eu sei que esse pessoal aí não compreende muito do meu jeito, mas quer saber de uma coisa? Todo mundo que coloca defeito nos outros é um verdadeiro hipócrita. É, pois é. Eu pelo menos sei quais são os meus e não estou aqui para esconder de ninguém. Não sou que nem certos aí que ficam se fazendo de bonitos e finos, não falam nada na hora, mas depois estão falando mal pelas costas.

Longe de mim. Eu prefiro falar na cara a pessoa vir cheia de raiva, pois pelo menos eu não estou sendo falsa. É muito ridículo tudo isso, cara. Pelo amor. Se a gente tem alguma coisa contra a pessoa, ela tem que saber, porque isso serve até de toque para ela perceber que tá passando dos limites e tal. Agora eu que tenho que fazer a fina pro pessoal não falar mal de mim?! Ah, não mesmo! Só que tá muito enganado que eu sou do tipo de pessoa negativa que só faz crítica. Deixa isso para os virginianos.

Áries também é otimista. Na verdade, é a melhor parte de mim. Eu faço crítica acreditando que alguém ou aquela coisa pode ser melhor um dia. Na verdade, eu estou estimulando para que tudo continue mudando e alcançando um novo processo na vida. E olha, se alguma hora eu elogiar ou falar bem de alguém, também é do coração. Me tocou profundamente. Sinceramente, eu sinto que os elogios são mais perigosos que as críticas, porque as críticas te fazem pensar, mesmo que você insista em rebater.

Os elogios, não. A vaidade vai lá pro alto e você não tem muito o que crescer. Tem casos até que a pessoa acaba perdendo aquilo pelo que ela foi elogiada, porque ela não soube lidar, entende? Então, eu prefiro coisas que são mais inteligentes. Críticas perspicazes trazem mais possibilidades de você amadurecer e também conhecer um outro lado que não estava tão claro para você. Ah, eu queria muito que as pessoas fossem capazes de ver em vez de ficar me colocando como alguém ruim. Mas ok. Eu até que já me acostumei. Eu vou é continuar fazendo o que eu tenho que fazer, sim. Doa a quem doer, afinal, foi para isso que eu vim aqui. Para empurrar vocês para grandes desafios que vocês insistem em não encarar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar