RevisadoSem signo

Tudo o que o mundo deu para ele e tirou também

De vez em quando, eu olho para minha vida e percebo todas as coisas que eu ganhei por continuar caminhando. Me pergunto se tive tempo ou se tive memória para poder agradecer a cada uma delas. Porque às vezes eu vejo as pessoas agindo dessa maneira e agradecendo mesmo os obstáculos, só que nem sei se eu fui capaz de conseguir compreender o que isso realmente significava.

Isso me machucou muito, eu ficar olhando as perdas e tentando entender por que eu tinha que passar por isso. Era muito mais fácil tentar compreender, e agora eu sei que isso é melhor do que ficar tentando arranjar expectativas e justificativas sobre a gente querer uma vida menos injusta. A gente precisa entender, e eu demorei um tempo para poder chegar até essa conclusão de que a vida nos tira aquilo que nós não precisamos mais ou então quando alguém ou algo terminou sua missão dentro da nossa vida. Comecei a parar de sofrer tanto por perder e comecei a buscar entender mais. Pois essa forma de vida e essa maneira que eu estava sofrendo não estavam me trazendo qualquer tipo de alento.

Comecei a ser grato pelas coisas que aconteceram, pois logo depois vieram coisas que mereciam mais da minha atenção do que aquelas que eu achava. Parei de ficar questionando as razões da vida e busquei entender o que ela estava tentando me passar para eu poder caminhar para a frente. E também parei de ficar querendo dizer que eu sabia muito mais do que o Universo estava tentando me proporcionar.

Independentemente das perdas que sofri, percebi que eu ganhei mais do que de fato perdi. A qualquer coisa que estava acontecendo dentro da minha vida e que eu julgava certa ou errada, boa ou ruim, eu estava ganhando. Sempre houve um novo ganho para que eu pudesse me conscientizar e também para que eu pudesse ter uma nova porta da minha vida aberta para estar fazendo diversas coisas. Portas abertas que me amadureceram e me mostraram que eu estava me tornando um ser humano melhor. Se eu continuasse agarrado a me fazer de vítima ou então achando que eu era um grande mártir da vida, eu não iria conseguir receber metade do que eu consegui ver.

A vida é boa, mas nos resta entender o que ela está tentando dizer. Tudo que acontece quando o antigo é parte de um destino que está escrito e que é parte de um plano maior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar