RevisadoSem signo

Ele vai contar uma de suas histórias

Ele não é a melhor pessoa contadora de histórias, mas quando ela se refere a ele, pode esperar que a arte da interpretação vai tomar de tudo à sua volta. Bem, pode falar agora. O Guru Astral estava apenas esperando você.

“Vou falar de quando me apaixonei e tive contato com outras coisas na minha vida a partir do amor. Isso aqui não é testemunho, e nem estou tentando vender nada, mas se vocês quiserem podem encontrar vários produtos na minha loja virtual. Tá bem. Então. Esse papo de amor eu sempre achei muito bonito, mas ao mesmo tempo perigoso. Eu sempre vi as pessoas sofrendo por ele e não conseguindo sair disso ilesas.

Eu via como as emoções delas às vezes ficavam presas e deixavam de existir por decepções, então eu sempre tive um pouco de medo de me entregar e preferi fazer as coisas da minha maneira. Até que alguém cruza o seu caminho e você começa a perceber como isso te muda. Mesmo que você ainda não esteja plenamente consciente, alguma coisa muda, você começa a ver as coisas com outros tons à sua volta, e então você não consegue apontar o porquê de isso tudo tomar outros tons.

Caramba. É bem louco até você começar a pensar mais nessa pessoa do que deveria e ficar esperando qualquer sinal que ela retribua, tente contato contigo, e também o medo começa a te invadir de você estar sentindo demais enquanto ela pode estar sentindo nada. Eu tive a sorte de me corresponderem e de a pessoa ter demonstrado que queria o mesmo que eu, e aí eu entendi a plenitude… Como o amor é capaz de modificar tanta coisa na sua vida que você começa também a agir diferente, simplesmente por se sentir feliz. A gente busca tanto a felicidade em várias coisas e muitas vezes, mas basta isso, ser amado por alguém com quem você se integra com o ambiente de uma forma irreal e totalmente maravilhosa.

Eu tive medo, sim, dessas histórias.

Teve vezes que quis abandonar tudo e deixar isso para trás, pois a descrença quase me abateu, mas então eu persisti e tive alguém que persistiu junto de mim, que me deu a mão e disse para continuar. Eu acreditei, e hoje eu vejo o quanto as pessoas disseram para mim que eu mudei tanto. Eu não mudei, guruzinhas e guruzinhos, mas o amor me mudou, e eu espero que a galera possa passar isso com a mesma plenitude que passei.”

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar