RevisadoSem signo

Precisamos falar de relacionamento tóxico

Eu confesso que esperei MUITO por este tema. De verdade mesmo. O Guru Astral já falou sobre tantas coisas por aqui, mas este é um assunto que a gente não pode deixar passar de jeito nenhum. Enfim, vamos direto ao que interessa. Você sabe o que é um relacionamento tóxico? Se você não sabe, eu sugiro que você pesquise de forma mais aprofundada no Google, pois aqui vou falar apenas um pouco.

Todo relacionamento que não te faz feliz, traz certas infelicidades, em que você sente que deixa de ser um pouco de você ou então quando você encontra mais tristeza do que felicidade, além de se sentir sufocar, pode ser um grande prenúncio de relacionamento tóxico. Aqui a gente não fala apenas de amor, ok? Você pode ter um relacionamento tóxico com seus amigos, com sua família, enfim, qualquer setor em que você não sinta plenamente a satisfação por estar com a sensação de estarem te tolhendo, deprimindo e despertando tantos sentimentos ruins. Os relacionamentos tóxicos geralmente contêm uma pessoa que é tóxica.

Uma pessoa que te diminui, que não te deixa viver, que te prende a ela como se você fosse propriedade dela.

Pode ser que você também seja essa pessoa? Sim, por isso é tão importante reconhecer quando as outras pessoas estão falando demais sobre nós em quase uníssono. Existe salvação? Sempre existe. Se nós formos os agentes tóxicos, a gente vai precisar reestruturar nossas certezas, o que pode levar algum tempo, mas tenho toda certeza que vai funcionar, basta ter força.

Pode não ser o caso de você ser a vítima, mas se for, por favor…

Analise se você tem como se afastar dessa pessoa e estar o máximo de tempo longe dela, caso você não consiga romper o laço. Você pode ajudá-la? Sim. Conversando com ela, mas lembre que as pessoas que geralmente apresentam essa toxicidade nem sempre percebem e podem se sentir mais ofendidas e te atacar ainda mais. Enfim, é isso que você pode fazer até aqui, mas não pode se envolver mais nisso, pois os relacionamentos tóxicos tendem a nos confundir e nos tornar cegos para uma realidade.

Não deixem de buscar mais sobre o assunto. É sério. O melhor passo para a mudança é reconhecer que há algo de errado e que você precisa sair. Ok, guruzinhas e guruzinhos?

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar