RevisadoSem signo

Seria perfeito para ela se…

Você estava no seu carro. Vigiando meus passos como sempre costumou fazer. Como sempre costumou agir. Era como se minhas palavras nunca tivessem sido ouvidas. Você nunca considerou o que eu falei. Nunca atendeu às minhas súplicas, porque aqui… o que bastava era o que você queria, o que você determinava, o que você mandava e me fazia aguardar.

Onde eu nunca poderia me esconder. Onde eu nunca poderia fugir de você nem da sua loucura. Onde eu nunca poderia fugir desse controle ao qual você sempre me submeteu. Era sempre tudo como você queria… Sempre. Será que nada poderia mudar a ponto de não ser bom e perfeito para os dois? Seria pedir demais?

Cedendo à vontade de sumir, apaguei as luzes e direcionei o olhar para o lado de fora da janela. Fui para cama sem conseguir dormir. Era apenas uma convenção fingir que ia descansar, quando minha mente estava ligada no potencial que poderíamos ter juntos, mas que você insiste em apagar para atender ao seu egoísmo.

Gostaria de caminhar com meus próprios pés e conhecer tudo o que fosse possível. Ser livre, mas na verdade… não ser perseguida e ser por um tempo esquecida.

Talvez aqui comece a parte mais profunda da minha história, e a mais confusa também, mas foi onde eu pude me encontrar e me salvar de mim mesma. Eu anotei todas as lembranças que tive até aquele momento. Tudo o que eu poderia considerar de bom ou ruim de nós dois para poder compreender o que havia dado de errado nessa história, mas ainda assim… seu rosto como mera lembrança me fazia querer voltar atrás.

Tudo o que eu escrever daqui por diante, querido, vai ser exatamente o que eu sinto. Sem maquiagens, sem qualquer medo de que uma possível verdade se torne absoluta para as pessoas que com certeza vão ler isso.

Eu te amo & Eu te amei — Nunca duvide disso.

Sempre quando eu quis me afastar, foi pelo puro medo de saber que iria encontrar você.

Posso dizer que você foi o único homem que eu tive vontade de desafiar e me acovardei quando cheguei perto demais desse intuito.

É extremamente complexo. Todas as vezes que estivemos juntos, na realidade, eu não pude sentir nada, a não ser uma enorme segurança. Não precisei treinar quantas vezes precisaria falar o que realmente eu estava querendo, e nunca em nenhuma dessas foi…

Uma foto ou “autógrafo”.

Eu quis sua alma, mas eu queria o seu coração para me acompanhar primeiro, isso se fosse possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar