RevisadoSem signo

Se um dia eu te perder…

Se um dia eu te perder, nunca será culpa nossa. Pois nós tentamos. Eu matei meus leões para te encontrar. Prometi meu amor ser seu para sempre assim que aceitei o destino do meu eterno sentimento. Não haverá nada que possa separar isso, nem a infelicidade de nossos próximos. Estamos em uma corrente eterna de promessas e esperanças até o dia de nossas sentenças e salvações.
Eu te amo, amor.
Nunca duvide do meu amor. Nunca. Te amarei para sempre, como nunca amei a qualquer pessoa. Meu corpo é seu, assim como a minha alma.
A data estava cada vez mais perto. Eu tentava focar em outra coisa para não lembrar que íamos nos encontrar mais uma vez.
Mas era um tanto impossível. Batiam 00h16 no relógio. Eu sabia que se fosse possível você já estaria aqui.
Eu tinha a obrigação de passar todos os dias pelo mesmo lugar da minha sentença. O lugar onde saltei, corri entre os semáforos e esperei que alguma luz de farol pudesse iluminar minhas ideias ou uma reflexão.
Você estava tão perto e tão longe… E eu nem sabia… onde você estava. Na minha cidade, no lugar onde nasci… Eu só queria poder… ter te abraçado naquele dia.
E então entrei naquele shopping, com um desespero latente e aparente. Liguei para alguns amigos, me surpreendi com palavras frias de outros e me sentei.
Tentei conter toda a dor que estava surgindo. A desesperança e a falta de credibilidade em saber que em poucas horas toda a magia que eu tinha planejado… iria embora, mas estava tudo escorrendo pelo meu rosto. Em forma de lágrimas.
Por mais que apontem que não senti amor, que fui covarde de ir embora. Todos os dias da minha vida, a única coisa que eu ainda espero é que você deite um dia ao meu lado e me chame de amor.
Você sabe ou desconfia que sou a rainha da noite. Eu acabo falando de amor, mas no fundo estou chorando pelo mesmo. Você sempre me pareceu tão perdido. Você sempre pareceu que nada iria fazer para mudar, mas exigiu em dobro uma coisa que eu não iria pagar para compensar.
Estou tentando dispersar. Estou tentando relevar. Tentando não fazer isso mais funcionar na minha vida. Eu não quero mais chorar, mas tem vezes que você me faz desacreditar que há vozes de outras pessoas que me dizem para te deixar para lá. Então me diz o que fazer. Eu não quero descobrir da pior forma. Eu não quero mais cair para arranjar forças que não tenho mais para levantar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar