NarrativasRevisadoSem signo

Identidade

1 – Loja

Gustavo entra na loja de café e vai fazer o seu pedido.

ATENDENTE

Boa tarde, senhor. No que posso ajudar?

GUSTAVO

Boa tarde. Eu vou querer um frappucino mocca, por favor.

ATENDENTE

Qual o tamanho, senhor?

GUSTAVO

Pequeno.

ATENDENTE

Qual seria a forma de pagamento?

GUSTAVO

Cartão. Crédito.

ATENDENTE

Pode inserir.

(Gustavo insere o cartão e efetua a operação.)

ATENDENTE

Qual é o nome do senhor?

GUSTAVO

Gus.

ATENDENTE

O senhor pode me fornecer sua identidade, por favor?

GUSTAVO

Identidade?

ATENDENTE

É para evitar alguns trocadilhos desnecessários e comprometedores para os nossos atendentes na hora de chamar os clientes. Tipo… Paula Tejano, Isadora Pinto, H. Romeu Pinto, Armando Modesto Pinto, Emma Thomas… Essas coisas.

GUSTAVO

Ah, entendi. Tudo bem. Se é para melhorar…

(Gustavo entrega a identidade para o atendente)

ATENDENTE

(Atendente analisa a identidade)

Senhor, infelizmente não vou poder finalizar o seu pedido.

GUSTAVO

Mas por quê?!

ATENDENTE

O senhor se identificou como “Gus”, e aqui na sua identidade está “Gustavo”. Isso se caracteriza como crime de falsidade ideológica.

GUSTAVO

“Gus” é apelido diminutivo para “Gustavo”.

ATENDENTE

Art. 299 do Código Penal – Decreto Lei 2848/40: “Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante.

GUSTAVO

Mas isso é ridículo. Eu não estou me passando por ninguém. Só estou comprando um café. Eu não peço para colocarem meu nome inteiro nas embalagens porque depois isso vai para o lixo. O senhor acha certo o nome da gente ir para o lixo?

ATENDENTE

Acho certo ninguém mentir para a gente.

(Ambos se encaram em silêncio)

(Atendente com cara de desdenho)

ATENDENTE

Segurança!

(Os seguranças chegam e puxam Gustavo)

GUSTAVO

Me solta!

(Se debate)

(Seguranças e Gustavo saem de cena)

ATENDENTE

Próximo!

FIM.

2 – Loja

Atendente está escrevendo no copo nome do cliente “Thomas Turbano”.

ATENDENTE

Ok. E o senhor já passou por alguma cirurgia de redesignação sexual alguma vez? Não? Tá. Passagem pela polícia, pequenos furtos, nada? Ok.

E esse atendente? Só ele para ser brincalhão desse jeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar