RevisadoSem signo

Você se lembra disso?

A imagem de uma amante e seu amor fazendo planos, mudando os móveis de lugar, pintando algumas paredes e se amando ficaram à minha frente e não houve esforço para que se formassem ali. Muito menos para que se esvaíssem.
Mas as lembranças me retornaram como uma bomba de alegria, amor e solidão outra vez. Ele a tinha pegado no colo. Como em todas às vezes, em todas as brigas, ou por simplesmente mero desleixo. Os soluços de amor voltaram à minha garganta. Curvei meu corpo como em oração e forcei meus olhos a se fecharem.
— Meu Deus, querido. Eu sinto sua falta. Como sinto sua falta!
— Estou aqui.
Os abri novamente e apenas o fitei por cima do ombro sem esconder muito a emoção.
— Não dessa forma como eu desejei. Por favor… Eu só queria que um dia me amasse da forma como eu desejei.
— Eu te amei. Eu te amei todos os dias.
— Eu me sinto tão só.
— … Eu sei.
— Eu só queria que mais uma vez me pegasse no colo. Uma vez mexesse nos meus cabelos de novo para lembrar os velhos tempos.
Meu coração não suportava mais, e minhas forças também não. Escutei a voz dele me chamando, mas minhas pernas fraquejaram e finalmente me rendi. Eu faria de tudo para que pudéssemos estar juntos novamente. Eu queria muito que só houvesse amor entre nós, por mais que as fagulhas fossem inevitáveis. Elas tinham de acontecer, porque também era uma forma de manter nossos sentimentos acesos. Não me culpe por isso, porque também é uma forma de fazer o meu melhor. Digamos que eu entendo as vezes que eu errei, mas que estou tentando mais de uma vez.
Isso não significa nada para você? Se não significar, tudo bem. Eu pelo menos agora sei. Só que… eu estou fazendo isso por um propósito que é único e inestimável… Eu e você. Amar e nos entender. Parece que fomos feitos um para o outro, mas às vezes também é muito difícil de compreender. Eu parei. Me soltei e agora tô saindo da minha zona de conforto para poder caminhar com pesos a menos, como antes me recusei, mas que eu agora eu aceitei.
Eu me desculpei, mas não sei se você ouviu bem. As suas dores são maiores do que aquilo que nós dois construímos. Pare de chorar tanto, porque… eu quero estar contigo. Mesmo que eu ainda faça algumas besteiras, eu quero… muito isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar