RevisadoSem signo

Os 20 vão te botar de joelhos

Bem. Eu sei que você tá esperando boas notícias, aliás, melhores notícias a partir de agora, mas eu preciso ser realista e eu sei que você prefere alguém te jogando a real do que falando algo que não vai se concretizar. Passar pela idade dos 20 anos nunca vai ser fácil, pois é aquela saída da idade da infância e da adolescência, e tudo o que você cansou de ouvir dos seus pais e dos seus parentes finalmente deverá ser colocado em prática.

Então, você tava até bem preparado e cheio de gás para provar que eles estavam errados e que você pode, sim, fazer tudo da maneira como você achava que teria melhor funcionado. E aí vem os primeiros tombos, aquela frase de “Você foi avisado” começa a ecoar dentro do seu ouvido. Pois é. Você achou que fosse passar ileso, né? Tudo bem. Você se levanta como um Jedi e prossegue achando que na próxima não será derrubado, mas adivinha? Isso mesmo. E isso se repete mais e mais vezes até uma hora que percebe o quanto está transtornado.

Se sente até enganado, não por quem te falou que não seria fácil, mas pelas pessoas que venceram na vida e pelas outras que parecem tão felizes ao seu lado; só que, guruzinhas e guruzinhos, eu preciso lhes dizer que todos nós estamos no mesmo barco afundado. Não, eu nem vim lhe tirar as esperanças e falar para abandonar tudo, pois o resultado sempre será o fracasso. Não lhe disse isso. Eu só quero que você se mantenha firme e caminhando. As porradas sempre vão dar um jeito de chegar a você, mesmo que você já tenha desvendado o macete. Só que você não é ainda os Mestre dos Magos.

Os 20 vão passar e, quando os 30 anos chegarem, você vai olhar para o seu passado, e quem sabe terá gargalhando. Quem sabe até sinta falta do seu passado, mas isso só vai depender do quanto você tem se esforçado, e não deixado para a frente as responsabilidades que você podia ter adiantado. Aproveite agora, sim. Aproveite para viver, mas não esqueça que a vida tem muitos lados. Que da forma como terá tombos, também terá pessoas dando a mão para você até que você tenha se recuperado. Também vai ter momentos tão bons pelos quais você terá gratidão plena, e, bem… o mais importante disso é perceber que o mundo não está contra você e que você é resultado daquilo que tem prosperado.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar