RevisadoSem signo

Olhei para o céu, e foi isso que eu vi

Tem muita coisa te desesperando e quase nunca você está desabafando. Contar das suas tristezas quase nunca fazem parte dos seus planos, já que você confia tanto na sua força que é capaz de pegar o mal pela raiz e você mesmo sair cortando. Eu sei que com o tempo a gente vai se transformando, mas… você já parou para pensar no motivo de as coisas não estarem andando? Talvez esteja na hora de mudar um pouco as rotas, tingir os panos que você acha bonitos, mas não contam o tanto da sua história que mudou ao longo dos anos. Porém, se você decidir seguir o que o Guru Astral está aconselhando, por favor… não se esqueça de olhar um pouco para o céu, pois ele também tem o que falar enquanto você está chorando.

Há sempre alguém nos protegendo.

Alguém esse que a gente nem sempre pode ver, mas que pode sentir só por não contestar e deixar acontecer. Não. Não julgue se você é capaz de merecer. Apenas siga o que o seu coração é capaz de dizer. Ele vai explicar e você vai entender, basta você querer.

Não está na hora de você contar o que foi capaz de perder, pois perder é só a certeza de algo que você nunca pôde ter. Eu sei que isso envolve não só o seu sofrer, mas também de tantas guruzinhas e guruzinhos que sentem diariamente o mesmo que você. Ninguém está aí para competir, mas para lembrar de quantas vezes você também é capaz de levantar e superar. Ninguém vai te parar, e tem alguém sempre para te amparar. Ei. Por favor. Não insista em duvidar. Há sempre um lugar para você, onde alguém poderá te abraçar pelas vezes que vão te derrubar, e eu estou aqui para te lembrar. Alguém sempre vai te amar, e não importa quantas vezes eu tenha que lhe falar… Sempre existirá um céu para olhar. Sempre. Você vai sentir isso te tocar, pois uma parte de nós sempre vai pertencer a esse lugar.

Se sinta bem. Não há nada que possa impedir você de chegar. A sua força é bem maior, e nós estamos aqui para te apoiar. Você vai ganhar. Você vai superar. A vitória é tão sua que já posso te ver lá.

Olhe para o céu mais uma vez, e você vai se lembrar do que já fez para aqui estar. Siga em frente, deixe os pesos para trás. Recomece quantas vezes você precisar.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar