RevisadoSem signo

Olhe para fora de sua caixa

Se você tá achando que já é o tipo de pessoa que está olhando para fora da caixa, o Guru Astral sugere que você pare e pense um pouco mais sobre isso. Quando a gente acha que é uma pessoa muito progressista ou que consegue muito bem identificar quando algo está certo ou errado, é quando geralmente nada está muito nítido.

E é aí que a gente precisa prestar atenção de que precisamos mudar, observar diversas coisas que estão acontecendo à nossa volta, e principalmente na nossa dor. Esse é o momento certo de a gente entender que podemos estar sendo enganados e iludidos por nós mesmos. Sei que é difícil conceber a ideia de tentar não cairmos no espelho, mas geralmente a gente não costuma enxergar tão bem as coisas quanto a gente acha que enxerga.

Eu geralmente falo com as guruzinhas e guruzinhos que é sempre bom dar um benefício à dúvida, porque quando a gente não afirma categoricamente 100% das coisas, a gente consegue ouvir o que as outras pessoas têm a dizer e também a aprender muito mais do que simplesmente assumir um lado que nós achamos que é o mais correto de todos. A vida constantemente nos dá a chance pra gente fazer algo diferente e também para a gente ir, realmente mudar a nossa postura e passar a ver de um ponto que a gente costumava falar que nunca iria assumir.

Olhar para fora da caixa não precisa ser algo que vai de contra aquilo que você é. Olhar para fora da caixa é sair de dentro da caixa e se permitir a liberdade, é também poder conhecer de verdade outros pontos de vista. Está na hora de você parar de ficar ouvindo o que as outras pessoas têm a dizer e as opiniões delas que você precisa sentir na pele, as coisas que acontecem para poder finalmente formar algum tipo de conclusão em relação a qualquer coisa que exista.

Isso é ser de verdade uma pessoa atuante e que se informa sobre as coisas que estão acontecendo. Nem sempre aquelas pessoas que nós temos como sendo as que falam a verdade realmente fazem isso. Elas podem estar servindo a outro tipo de propósito do qual nós não estamos cientes, e para isso é necessário ter muito cuidado ao afirmar coisas que você não viu acontecer. A sua palavra é algo extremamente sério e que pode trazer diversas consequências se não souber usar devidamente. Eu tenho certeza absoluta que você vai pensar sobre isso e buscar a melhor opção de não ser mais uma massa de manobra em nenhuma situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar