RevisadoSem signo

O que você precisa saber para o TCC

Pode ser monografia também. Não tem problema, desde que vocês prestem muita atenção no que o Guru Astral vai falar para vocês agora, guruzinhas e guruzinhos: não entrem em desespero, ou simplesmente o TCC, trabalho de conclusão de curso, que já é ruim, vai ficar ainda pior. Eu vou tentar usar um pouco do humor para poder ajudar vocês nesse processe decisivo da vida de vocês, mas quero que me prometam que vão manter a calma e parar de ficar vendo qualquer gracinha na internet que dá medo sobre o trabalho a ser apresentado.

O TCC ou monografia vai definir quem você é ou o que você estudou no seu curso? Não, e nem sempre. Pode ser que em muitos casos as pessoas tentem juntar o máximo que entenderam por todo o curso, entretanto nem sempre é isso, gente. Eu falo isso porque as pessoas têm uma VISÃO sobre TCC e monografia que a gente precisa desconstruir justamente para poder derrubar o medo que existe em torno disso. Esses dois trabalhos vão trabalhar em vocês um tema que vocês curtam estudar e que tenham a ver com a profissão de vocês. A forma como vocês vão se colocar vai representar o profissional que vocês TENDEM a ser. Isso é o que vocês precisam entender.

“Ah, Guru Astral, mas e aquele papo de que os professores fazem um inferno na vida de quem faz TCC, que eles cobram demais, que as pessoas passam a não ter mais vida e tal.” Pode ser real, sim, e em muitos casos é, mas eu também vejo muita gente entrando num desespero simplesmente pela falta de organização. Eu sei que vai chover críticas aqui em torno disso, mas é real, e não estou jogando pedra em ninguém. O que se precisa ter em consideração é o seguinte: a vida vai lhe cobrar muito? SIM. Bastante. A ponto de você não conseguir respirar. Você precisa fazer o desumano para atender a vida no tempo que ELA quer? Não, porque você tem suas limitações e precisa respeitá-las. Isso inclui o TCC, professores e seja lá o que for. Você vai fazer o que pode. Ninguém manda em você, a não ser você mesmo. Você precisa, SIM, manter a sua saúde mental, e não vai ser uma instituição ou professor que vai te ajudar nisso, mas é você. Essa é a melhor forma de combater esse tipo de comportamento abusivo que acontece dentro das universidade e dentro do mercado de trabalho.

Se organize, planeje e não deixe de viver. Se não passou, tenho certeza que vai haver um jeito de as coisas mudarem. Sempre HÁ UM JEITO.

Botão Voltar ao topo
Fechar