RevisadoSem signo

O que ele nunca quis revelar

Ele retém você. Assim como ele me retém. As manchas do passado são pouco prováveis de apagar. Um beijo que foi interrompido por uma luz de lanterna bem acima de nós. Você não pode vê-lo, mas para mim isso já é comum. Eu o vejo a todo segundo. Imagine a cada trinta…

Ele me assombra com a promessa de felicidade pautada em sua mão que a qualquer hora pode acabar por amassar com uma folha virgem de papel. E eu terei que me afastar para que isso não se torne sufocante e para que ele não machuque você. Eu provoquei isso.

Eu provoco você. Vocês dois são tão parecidos com ambos egocentrismos. Com essa frieza dissimulada. Com o ato de me largar a mão sem saber para onde eu estou indo e se é seguro continuar seguindo. O fato da loucura. Está tudo contra nós. Está tudo contra mim. Preciso manter meu rosto impassível. Enquanto você se decide se é isso mesmo o que quer.

Não se esconda atrás dos seus óculos. A culpa não é dos outros. Encontre o foco que eu lhe dei e vá para longe. Mas continue pensando em mim, enquanto levar outra garota para a sua cama, mas… não diga que eu não te avisei…

De dentro dela podem sair milhões ou sua carta de liberdade. Há muitos homens que você pode olhar, mas nunca vai desejar com o que eu tenho. Eu tenho muito o que fazer, mas nada parece satisfazer o meu maior desejo de libertinagem. Estou preso por isso. Espero que entenda por isso.

Não estou fazendo nada de errado do que um dia me comprometi. Quando entrar nesse mundo, você terá que entender que… vai ter de assinar um contrato de que não se responsabiliza por algum vício. E se ligar nisso até ir embora. Você ainda é muito pura para entrar nesse mundo, mas está se esforçando para fazer parte dele. Não terá mais Deus para quem correr. Ele te deixará sofrer por uma escolha que você mesma quis fazer.

Me deitar na cama todos os dias é anunciar que perdi mais um pedaço de vida sem fazer exatamente aquilo que quero. Você concorda comigo? E eu não quero escutar mais essas vozes irritantes me dizendo o que não devo fazer. Sou senhor do meu destino. Então pare de ser uma delas que não me deixou viver a própria vida por medo e irritação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar