RevisadoSem signo

O medo sempre vai bater na porta

Não tem jeito, né? A gente sempre acha que o medo é uma coisa com a qual a gente consegue lidar, mas quando ele aparece, a gente percebe que as pernas ficam um pouco trêmulas. Não tem problema; somos humanos afinal de contas, não é mesmo? Acontece que o problema é quando o medo fala um pouco mais alto do que os nossos quereres. Por outro lado, a gente precisa enxergar que o medo delimita também setores em relação ao que a gente tem que respeitar. Por exemplo: a gente não vai ficar se apoiando num vidro que esteja num prédio mais alto possível e, sei lá, brincar de que vai cair de um parapeito ou qualquer coisa do tipo. O medo serve para a gente ter respeito, porém quando a gente tem muito medo das coisas, não quer agir porque tem medo do que as outras pessoas vão pensar ou então tem medo do que pode perder algum dia. A gente precisa ultrapassar isso, ou o medo sempre vai existir, ok? Pelo menos até agora a gente não conheceu ninguém que tenha ausência de medo, mas a questão de fato é vencer isso. E é isso que o Guru Astral vai falar hoje, beleza?

Como eu falei antes, o medo sempre vai bater na sua porta, Virgem. Não tem como fugir disso, porque o medo faz parte da vida, e eu já expliquei os motivos também. Não vou ser muito repetitivo. Agora, se você souber lidar com isso e se você souber utilizar isso para a sua vitória, perfeito. É exatamente isso que o Guru Astral tem que falar hoje. Tá, o medo vai te fazer raciocinar se aquela coisa que você tá querendo é realmente aquilo que você quer, e isso é excelente, porque vai te colocar numa reflexão muito boa. Você vai passar a se conhecer mais e entender até onde podem ir os seus esforços. Mais uma vez: não entenda que a coragem é a ausência do medo, mas sim essa questão de postura de você vencer o medo, entendeu? De você colocar ele numa caixinha e utilizá-lo quando for o momento certo. É isso que você precisa ter em mente.

Se você acha que você não é uma pessoa de vencer o medo, você precisa analisar realmente de onde sai esse tipo de pensamento. Todos nós somos capazes de vencer os nossos medos, mas para isso a gente precisa se trabalhar de uma forma muito completa, ter um conhecimento muito grande sobre nós mesmos. Saber pelo que o nosso coração realmente pulsa. Aquilo que fizer o seu coração bater de uma forma forte genuína é exatamente o que vai lhe dar impulso para você conseguir vencer o seu medo. Se você não vencer o medo, você vai carregar uma frustração com você, e isso não é propício, então o que você prefere: pelo menos ter tentado e até ter tido uma possibilidade não ter conseguido ou simplesmente ter ficado naquele pensamento “Será que se eu tivesse feito eu teria conseguido?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar