RevisadoSigno de Touro

O DNA de Touro

Dentro do sangue de Touro corre suor e trabalho duro. Corre vontade de viver a vida pelas suas mais diversas facetas e sentir com o maior cuidado todo tipo de sensação possível. No DNA de Touro há um incrível gosto pela cultura, pelas coisas boas e bonitas, mas sem qualquer tipo de exagero. Touro não gosta de nada que é demais. Intensidade não tem nada a ver com excesso, pelo menos para esse nativo. Intensidade é sentir algo na integralidade, totalidade e absorver até o mais perfeito cheiro, gosto e toque disso. O exagero é o tipo de coisa da qual Touro se permite fugir, pois não sabe lidar com isso. Na fila da criação, com certeza Touro só se ateve a pegar aquilo que achava que seria o necessário para viver e vencer nessa vida.

Mesmo com a força bruta, existe arte em tudo o que Touro faz. É engraçado, pois esse nativo sabe muito bem como se portar nos lugares. Touro vem com uma etiqueta de “classe” quando desembarca neste mundo, mas tem vezes que se distrai tanto que acaba se esquecendo da própria energia e força que tem. É como entrar em uma loja de peças artesanais de vidro. Touro pode acabar se deslumbrando com tudo aquilo e fazendo com que derrube uma ou outra. Não tem problema, afinal, Touro tem dinheiro o suficiente para pagar pelos deslizes e defeitos. Touro se dá esse luxo.

No sangue taurino tem as marcas registradas de experiências passadas que fizeram esse nativo construir o que hoje ele é, coisas que levaram Touro a ser exatamente desse jeito e a ter esse tipo de temperamento. Experimentou se perder um pouco do caminho, pois afinal, quem é que nunca se perdeu, não é mesmo? Ainda carrega na sua memória celular quando Touro se viu completamente perdido e por inteiro sem saber se um dia iria conseguir vencer. Os medos também estão presentes nesse nativo, mas isso você pode ter certeza de que Touro vai esconder. Não quer dever nada a ninguém, mas se for preciso, sempre vai se colocar em primeiro lugar. É primeiro o que precisa ou o que pode fazer, e todo mundo vai ter que entender.

Talvez só dois taurinos com o mesmo DNA possam se reconhecer, mas conviver vai ser uma coisa difícil. Os dois vão sempre tentando tomar o controle para provarem quem merece estar no topo do controle. Só nos resta assistir de primeira fila e ver o que vai acontecer.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar