RevisadoSem signo

Você não pode machucar o outro para se curar

Eu entendo que a nossa vontade, quando alguém nos faz algum tipo de mal, é responder a isso como um tipo de reflexo machucando de volta. Isso faz com que a gente acabe se machucando cada vez mais, além de não ajudar em nada a resolver aquele tipo de situação com a outra pessoa que também acabou ferida.

A gente acredita fielmente que nós devemos fazer aquilo que fazem com a gente como a melhor e mais madura forma de conseguir chegar em uma solução e resolver a situação. E acaba que, no final de tudo, depois de passar muito tempo é quando a gente percebe que amadureceu de verdade e também que nós nos chateamos bastante e perdemos boas oportunidades de ficarmos calados e até aceitar aquela ferida para depois nos curar quando todos estivessem mais calmos.

Você não vai machucar a outra pessoa e acabar se curando como em um passe de mágica. O que vai acontecer é que você vai ficar cada vez com mais raiva e vai querer cada vez mais vingança sobre aquela coisa que você acha que sofreu e que você acha que deve responder à altura. E no final de situação, você vai se sentir cada vez com mais sem energia, o que não aconteceria se você esperasse o melhor momento para poder se colocar e argumentar aquilo que você realmente pensa.

É muito necessário que você tenha sangue frio e possa entender que deve-se esperar os melhores momentos quando algo desse tipo acaba acontecendo na nossa vida. É necessário que você suporte toda aquela frustração e desapontamento dentro de si para que você não acabe exalando e jogando tudo isso em dobro para a outra pessoa. Porque, por mais que a outra pessoa não esteja certa e ela esteja fazendo coisas ruins a respeito do que está acontecendo, você não deve responder com mais violência e agressividade.

Essa é uma situação que o Guru Astral fala que existe quando há uma discussão e as guruzinhas e guruzinhos estão muito exaltadas, chegando a machucar as outras a partir das palavras, e não a partir de uma agressão física, que fique bem claro. Caso já esteja acontecendo agressão física, é necessário, sim, que se procure ajuda imediatamente.

Mas voltando ao outro caso, é necessário que você entenda que não é a partir da violência que você vai curar as feridas ou a outra pessoa desse mal-entendido que acabou acontecendo entre vocês dois. É só a partir do diálogo e de saber ouvir o que a outra pessoa tem a falar que se está buscando entender suas razões e as razões dela também. Eu acredito que a cura parte muito mais dos nossos esforços de buscar entender e de fazer a nossa parte do que não ficar esperando que o outro responda da forma como nós estamos esperando, porque isso pode acabar gerando uma frustração imensa e nos afastando cada vez mais da cura.

Então foque em apagar ou pelo menos esquecer boa parte daquilo que aconteceu e seguir em frente com uma nova história, uma nova página na sua vida. É a partir disso que você vai conseguir apagar tantas feridas que ficaram e ter uma nova oportunidade de conseguir se curar de verdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar