RevisadoSem signo

Já pensou em aprender Libras?

Este é um texto de conscientização. Há um debate tão grande quanto às pessoas que são consideradas minorias, mas eu vejo muita gente se esquecendo de um grupo de minoria em específico: as pessoas que possuem algum tipo de necessidade especial. Hoje, nós vamos tratar sobre quem se utiliza das Libras, ou seja, os surdos e mudos.

Há uma falta de compreensão de as pessoas entenderem a forma como essas pessoas, portadoras de necessidades específicas, se comunicam. Alguns acham que é caricato demais, e outros acham simplesmente engraçado. Você está aberto para achar o que quiser, afinal de contas, a opinião é sua, mas o Guru Astral precisa te lembrar que mesmo esse jeito mais expressivo de falar a língua de Libras é necessário para que o portador de necessidades saiba o que você está dizendo. É como se esse jeito conseguisse servir de entonação para a conversa e também entender as emoções que ali são passadas, então é extremamente necessário que seja assim. É como você falar qualquer língua estrangeira. Todas possuem suas palavras com diversas entonações e uma forma correta de ser dita. Com Libras isso não seria diferente.

E talvez você pergunte ao caro Guru Astral que aqui se apresenta a razão de eu estar falando para você ter atenção quanto ao processo de aprendizado de Libras. Bom, eu acho que estou fazendo um serviço de ajudar que a língua se dissemine e também que você possa despertar sobre como seria bom ter mais uma pessoa aprendendo e ajudando a inserir mais pessoas que a utilizam.

Você pode até não conhecer uma pessoa que fale em Libras, mas só de você se interessar e até aprender um pouco, já mostra a sua capacidade de expandir a sua mente e o seu coração. Se temos que falar de inclusão, às vezes nós mesmos precisamos dar um passo para poder incluir essas pessoas a partir desses gestos fraternos. Libras não é tão difícil quanto parece, e o aprendizado pode ser muito divertido. É algo que também pode ser praticado em família e pode poupar diversas vezes o desgaste da palavra falada. Não acredita? Então, por que não tentar? Eu tenho certeza que você vai gostar e achar interessante. Na internet, existem diversos cursos com ou sem certificado que permitem que você trabalhe a língua de sinais.

Eu mesmo já comecei a aprender. E você? Está esperando o que ainda?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar