RevisadoSem signo

Você aprendeu a lutar feito uma mulher

Porque não poderia ser diferente, não é mesmo? Estou longe aqui de ficar tentando travar uma guerra dos sexos e dizer que o homem é mais forte do que uma mulher, porque na verdade este Guru Astral acredita que esses dois polos enfrentam as dificuldades do dia a dia de diferentes formas. Não tem realmente como a gente comparar as guruzinhas e guruzinhos e falar que o outro pode ou não fazer, porque vai depender de um esforço particular de cada indivíduo e que independe do sexo da pessoa.

Mas a grande questão que eu quero ressaltar é justamente essa força feminina que retoma em cada um de nós esse estilo e essa confiança de acreditar que somos capazes de vencer cada vez mais desafios que aparecem na nossa frente a partir do diálogo e da paz. A sensibilidade que pode muito bem ser colocada do lado da razão e ser trabalhada para que exista finalmente uma congruência entre essas duas. E eu acredito que apenas uma mulher poderia chegar e ter esse tipo de trabalho, pois ela conseguiria ouvir os dois lados sem afirmar quem poderia estar certo ou errado, mas filtrando o melhor dos dois mundos.

Desde pequena, toda mulher é ensinada que vai ter grandes dificuldades em relação a ter sua voz ouvida ou então aos outros conseguirem entender que ela é muito mais do que aquilo que ela carrega entre as pernas. As meninas muitas vezes são restringidas em aprender sobre determinados assuntos, mas cada vez mais, através da luta que elas promovem, podemos ver como as mulheres têm se empenhado para demonstrar a verdade: que são tão iguais quanto os homens.

E com isso as mulheres foram crescendo sabendo que teriam que aprender a lutar desde cedo para poderem ser compreendidas como seres humanos, e não apenas como gênero sexual. Não é de se estranhar que você consiga se inspirar nisso e tenha utilizado esse tipo de comportamento e postura para poder se apresentar ao mundo como realmente é. Você aprendeu a lutar como uma mulher, pois uma mulher sabe bem o esforço que tem que fazer para ser entendida e respeitada no seu meio. Para que seja vista muito além da sua beleza física, mas pela sua capacidade e suas particularidades individuais.

Você teve que aprender a lutar, e isso não é vergonha nenhuma. Pois você se orgulha em carregar essa força e também tanto suor de tantas mulheres que são diferentes e estão em diversas áreas para que possam ser vistas dignamente por quem são. Você aprendeu a lutar como uma mulher para vencer com todas elas em um futuro próximo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar