RevisadoSem signo

Saiba respeitar os tempos

Eu sei que todos nós temos o nosso tempo. É que às vezes a gente quer bater o pé no chão para poder fazer valer aquilo que nós acreditamos. Só que nem todo mundo está andando na mesma velocidade que nós, e temos que entender isso. Essa forma de cada um seguir o seu ritmo pode acabar fazendo com que você tenha a possibilidade de perder a paciência, porque achamos que estamos com a razão, sendo que isso nem sempre é verdade.

E aí entra a famosa questão do ego, que precisa ser respeitado, porque acreditamos que isso é a verdade universal. Preste bastante atenção nos momentos em que vir que estão te cercando por uma fúria simplesmente porque alguém não fez algo no tempo que você achava que deveria. Esse tipo de postura mostra uma tamanha intolerância em relação aos seus desejos e também sobre as vontades dessa pessoa.

Ultimamente fala-se tanto sobre respeitar o outro e os limites que devem ser impostos em relação aos direitos e deveres de cada pessoa, só que acabamos não percebendo quando faltamos com a consideração em relação a isso mesmo. É hora de colocar a mão na consciência e perceber que nós também cometemos os nossos erros e, se queremos ser respeitados, devemos fazer a mesma coisa pelas outras pessoas.

Todo momento em que você se vê paciente e acha que as coisas deveriam andar um pouco mais rápido, esse é o momento que você tem que parar e buscar se acalmar. O mundo não vai girar à sua volta, por mais queira que seja assim. Tenha um pouco de consideração e tente também se distrair desse tipo de insatisfação pelas coisas não estarem andando no ritmo que você gostaria. Se for preciso contar até dez ou até mil, não tem problema. A questão é você não acabar transbordando a sua insatisfação para uma outra pessoa que nada tem a ver com a sua exigência e também causar um grande tumulto dentro de si, achando que esse é o melhor tipo de posicionamento que você poderia ter.

Assim, os casos de exigência que têm a sua urgência devem ser atendidos no momento ideal, como por exemplo alguém estar passando mal e precisar de um atendimento médico — mas esse é um caso excepcional. Nem tudo é urgente e nem tudo deve ser no tempo em que nós estamos predeterminando. Se libertar disso vai dar uma chance para a vida poder seguir de uma forma mais leve e mais compreensiva também. Pare de se pressionar e pare de tentar utilizar essa mesma pressão dentro de você em outras pessoas. Cada uma sabe o momento certo para poder agir ou então, se acabar se atrasando em relação a isso, vai perceber isso uma hora ou outra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar