RevisadoSem signo

Exigir respeito é muito?

Exigir respeito nunca vai ser demais, por mais que certas pessoas ainda digam o contrário. A gente tem mania de ficar se colocando debaixo de um tapete que as outras pessoas pisam só para poder fazer a vontade delas. Para estabelecer uma relação de respeito e de lealdade com qualquer pessoa que cruza nosso caminho, é necessário ceder de vez em quando dos dois lados. Pode parecer simples à primeira vista, porque nós sempre temos uma imagem muito boa sobre nós mesmos e sobre as nossas capacidades de compreender o outro, mas nos esquecemos de algo que precisamos combater com muita vontade, que é o ego.

O ego muitas vezes faz com que a gente passe dos limites em relação ao respeito quanto ao outro. Queremos porque queremos fazer valer a nossa vontade, e isso infringe o direito de ir e vir de qualquer pessoa que esteja à nossa volta.

Às vezes a gente faz isso até sem perceber e com uma falsa justificativa de que estávamos apenas defendendo o nosso território. Não se trata de defender território nem propriedades que acabamos criando dentro da nossa própria mente. Se trata de satisfazer esse tal ego, que se faz presente tantas vezes nas nossas vidas, e apresentar diversas justificativas para que ele continue existindo com força total. Pode ser que você busque entender mais o que o ego significa e como ele atravessa o caminho do respeito, mas é necessário que não se busque tanto naquilo que você vai encontrar por escrito e nas suas pesquisas, mas quando você se coloca no lugar do outro para entender que tá passando do limite. As guruzinhas e guruzinhos que passam a entender com carinho e amor que o outro possui as suas dificuldades e as suas qualidades passam a respeitar muito mais. Não é algo que acontece instantaneamente, mas que tende a acontecer no processo.

O respeito na verdade é um gesto e um ato de amor ao próximo, acredite no Guru Astral. Não podemos dizer como o ego existe pela outra parte, mas podemos falar sobre a sua necessidade de nascer e viver entre as relações humanas que nutrimos. Levar o respeito em consideração quando estamos em sociedade e querendo que as nossas relações se desenvolvam é um ato de extrema maturidade. Às vezes, é preciso que a gente se cale um pouco, mesmo que sejamos atingidos por algo que não gostaríamos de ter ouvido, mas deixar que outra pessoa cometa um erro e se submeta ao engano também é um ato de respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar