RevisadoSem signo

Você deve estar em primeiro lugar

Você deve estar em primeiro lugar na sua vida. Nada deve estar à sua frente, além de você. Nenhum relacionamento, carreira profissional, dinheiro, poder e ascensão, nada deve estar à sua frente em relação à própria vida. É muito comum que as guruzinhas e guruzinhos respondam naturalmente de que isso não acontece com elas. Porém, basta alguém de quem a gente gosta não corresponder a esse sentimento ou terminar o relacionamento que a gente acaba entrando em desespero.

Vamos ensinar erradamente de que sofrer por amor é algo muito normal. Acaba sendo normal porque é comum de se encontrar, mas isso não significa que deve ser replicado como um ciclo natural. O seu ato de sofrer por uma outra pessoa mostra que talvez você não tenha tanto controle assim em relação aos seus sentimentos. Se a sua felicidade naquele dia for comprometida por conta de não corresponder às suas expectativas por uma outra pessoa, é necessário você fazer uma reavaliação do que significa felicidade para você. Nós trabalhamos muito em cima do ego e de que nós precisamos estar sempre contentes e com as nossas necessidades, ou melhor dizendo, nossas dependências sendo supridas. Mas isso não significa necessariamente que é algo de que precisamos. As dependências não se configuram como algo que precisamos, mas sim de que dependemos.

E aí talvez você argumente que se as suas dependências estão à sua frente é porque elas fazem parte da gente e que elas são a gente. Mas as suas dependências não são a gente; são círculos viciosos que acabamos acreditando vários e vários anos da nossa vida achando que isso fazia parte de quem nós éramos. São algo que serve mais o exterior do que a nossa necessidade interior. Quando a gente passa a olhar apenas para dentro e entender que precisamos de coisas simples para resolvermos a nossa essência, não há qualquer fator externo que interfira nesse processo e nos cause dor. Uma pessoa que lhe faça mal ou um sentimento que não seja correspondido, nada disso vai ter espaço para a sua atenção. É verdade que, quando amamos, não esperamos que a outra pessoa retribua isso e estamos muito satisfeitos apenas em transbordar o que sentimos de verdade. Se algo ou alguém vier a complementar, isso é excelente, mas se não acontecer… Perfeito também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar