RevisadoSem signo

Ele parou de te responder? Mantenha a CALMA!

Está tudo sob controle. Fica calma. ESTÁ TUDO SOB CONTROLE. FICA CALMA. Não precisa mandar mais quarenta mensagens se a pessoa demorar para responder duas horas. Pode ser que ela esteja ocupada. “Mas e se ele sofreu algum acidente e aconteceu alguma coisa ruim com ele?” Acredite, notícia ruim chega rápido, e você já saberia. Controla essa ansiedade antes que ela controle você.

Eu sei que esse é o aviso mais chato para alguém que tem ansiedade, mas o que eu preciso lhe dizer é para você fugir de qualquer cenário ruim que você esteja vendo na sua cabeça. Quantas vezes você se pegou imaginando o pior, e de repente a pessoa só tava meio cheia de coisa para fazer ou ficou sem internet e nem deu para poder lhe dar atenção? E mesmo que tenha acontecido o pior, você conseguiu superar, certo?

“Mas, Guru Astral, ele parou de me responder tem alguns dias. Isso não é estranho?” Sim, é estranho, e aí a gente pode começar a considerar algumas situações. De qualquer maneira, o meu conselho vai ser sempre o mesmo. Não ficar caindo no desespero, pois de nada ele vai te ajudar, só vai te fazer mal. Mesmo que a questão seja estranha, ela não é anormal. Vai ser o que tiver de ser, e você fez o seu melhor. Só não fica enchendo a caixa de mensagens da pessoa, não fica cobrando atenção ou coisas do tipo, pois aí sim que a situação tem tudo para se transformar em problema.

Há ocasiões que a gente pode pular isso e fazer valer nossa vontade de mandar alguma coisa? Sim. Quando já se passou muito tempo, quando você também deixou a pessoa de lado e surgiu uma saudade. Quando você está esperando uma resposta importante e você vê que não teve o feedback do outro lado, mas tudo com classe, entende? Não é hora de mostrar a sua possessividade, mas sim a sua tranquilidade, como se isso fosse apenas mais uma coisa para resolver de uma forma sensata.

Escuta o Guru Astral, hein? Não deixa cair na cilada. Mantenha a calma. E, sei lá, se coloca na outra posição também. Imagina se fosse você que não pudesse falar com a pessoa ou tivesse seus motivos, será que você gostaria de ser incomodada e cobrada? Eu acho que não. Há um limite entre o exagero e o desrespeito. Na verdade, eles andam lado a lado, e qualquer um pode cair nessa encruzilhada.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar