RevisadoSem signo

Meu doce, como eu tenho acordado sem você

E todo dia que eu abro meus olhos eu vejo que você ainda não está. Eu escolho viver uma realidade paralela em que você apenas levantou mais cedo para se meter entre as panelas e fico pensando no que você me daria de café, mas eu noto então que estou sem você.

Eu saio pensando como seria se você pegasse o seu carro ou simplesmente viesse me encontrar a pé. Nós falaríamos um pouco de tudo, você iria rir se eu esbarrasse na pilastra, e a gente voltaria a conversar.

Não me culpe por eu ter fé. Eu ainda acredito que isso tudo vai se materializar. As coisas, os momentos que eu sempre esperei que você fosse compartilhar, vão chegar.

Tem vezes que eu ignoro isso e acho um absurdo Deus nos fazer esperar tanto para nem sempre a gente ter o que se quer, mas desde já apago esse pensamento. Quem sou eu para julgar? Nem sempre é ele, mas vou acreditar que é sempre um fator externo que nenhum de nós pode mudar.

Tem vezes que quase consigo te ver na minha frente reclamando que se atrasou para o trabalho, mas sem deixar de se arrumar. Será que alguma vez você vai deixar essa sua vaidade para dividir lugar comigo? Pois é onde eu quero estar. Eu te aceitaria com a sua cara mais amassada, só para saber que você me quer também nas manhãs em que nenhum de nós está.

Eu mantenho essa história enquanto eu puder. Me questiono se isso é coisa de adolescente ou se secretamente os mais seguros de si ainda pensam dessa forma, mesmo em forma de homem que precisa ter certeza das coisas a qualquer hora.

Eu te enxergo perto de mim, me buscando ou perguntando se o meu dia foi ruim. Que talvez a gente possa brindar pelas mazelas dos nossos dias e como fomos capazes de sobreviver a isso sem vender o rim.

É. Seria muito bom. Se fosse verdade e você pudesse me enxergar de verdade.
Sim. Afinal, eu esperei tanto por isso e foi o tanto que eu perdi, mas só esse furacão na minha vida com o nome de você me faz acreditar que eu já venci. Que eu sofri tanto, mas depois de tanta lamúria eu te mereci. Só não sei ainda até que parte te convenci.

Eu creio… Um dia não vai ser apenas um filme a que eu assisto todos os dias. Vai ser você aqui.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar