RevisadoSigno de Câncer

Desfaça as malas, Câncer

“Ué, Guru Astral, mas eu não cheguei de lugar nenhum. O que você tá querendo dizer com isso?” Estou querendo dizer que você precisa descansar, desfazer essa quantidade de coisa que você insiste em carregar. Eu vejo a forma do seu signo. Aquele caranguejo que se esconde e leva a casa sempre consigo. É um gesto bonito, a questão é quando isso fica pesado demais para você e você também precisa tirar um tempo para descansar. Você quer encontrar o seu lar, você quer encontrar um lugar para não ter mais que se preocupar, acontece que… Caramba… nem sempre vai dar para achar e você precisa parar de achar que precisa de um lugar.
Desfaça as malas, Câncer. Reveja o que você vai colocar para lavar. Isso aqui vai ser tipo uma história, mas uma história que vai lhe trazer lições valiosas. Sabe aquela roupa que já está usada e suja? É hora de você colocar na máquina e não se importar mais com ela. Está na hora de tirar toda a sujeira e não se deixar mais sujeitar a ficar guardando a sua sujeira e a sujeira dos outros. Tem coisas também nessa mala que você tem que descartar. Faça isso. Não se prenda a mais lembranças que não trazem qualquer compromisso. Pouca coisa vai sobrar, e você pode guardar, sim, não se preocupa com isso, mas quando você começar a se questionar por que tão pouco deve ficar contigo, eu venho te lembrar que você precisa ocupar novos espaços com novos motivos, Câncer. Os antigos devem ficar apenas na sua memória.
Não invente nem se sabote, Câncer. Não passe a perna nesse processo, porque… Sabe… Isso é tempo perdido. Às vezes temos de ter rigidez conosco mesmos, mas é preciso. A gente tem que se dar um tapa de vez em quando para ver se entra alguma coisa no lugar. Não insista mais em coisas pequenas, Câncer. Desfaça as malas sempre que for necessário, e olha que muitas vezes você vai precisar disso. Não tenha medo de correr esse risco, mas há mais perigo em ficar guardando o que não serve mais do que realmente topar viver um novo início. Vem, eu vou te levar para conhecer mais coisas. Deixa essa mala aí. Se sinta mais leve para recomeçar. Você pode fazer isso, sim, e não se culpe se caso nesse processo, além de memórias, algumas pessoas também você tiver que descartar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar