RevisadoSigno de CapricórnioSigno de Hoje

Capricórnio, quem tem amor demais não se machuca

Meu nobre Capricórnio, ouça o seu Guru Astral: quem tem amor demais não se machuca. Nunca. Não se machuca porque a gente acaba transbordando esse sentimento. Parece fácil de entender esse momento, mas a questão é a seguinte: passar por isso na prática é mesmo o grande aprendizado. Raramente você vai ver uma pessoa bem resolvida consigo mesma sentindo a dor de uma ferida que não foi causada por ela, mas por outra pessoa.

Pois qualquer pessoa pode vir para nos machucar ou nos falar palavras duras. Elas ainda vão ressoar com a mesma frequência de como se fossem palavras de muito carinho. Quando estamos seguros do amor que existe dentro do nosso coração, mesmo as advertências possuem outro sabor. Um sabor de que devemos fazer diferente e não de que estamos sendo agredidos.

Pois uma coisa é certa: por mais que a gente acabe aceitando aquele aviso, existe algo defensivo dentro da gente que nos pede para que fiquemos atentos. Que a gente acabe prestando atenção sobre um possível movimento misterioso que possa vir para nos aniquilar.

O amor, quando faz morada dentro de nós, nos passa uma tranquilidade sem igual, Capricórnio. Pare e tente perceber isso. Quando nos amamos, somos capazes de passar por diversas situações sem nos sentir feridos. Somos capazes de compreender muitas coisas e por isso não estamos mais preocupados em contar as dores que sentimos. A ferida sequer existe. A ferida das palavras e das ações de outras pessoas só nos mostra o quanto estamos sensíveis e o quanto estamos despreparados em relação aos nossos próprios sentimentos.

Talvez você busque entender de onde vem esse despreparo, e eu digo que ele vem da falta de conhecimento próprio. Quanto menos nos conhecemos, mais acabamos submetidos aos fatores externos. Essas feridas também possuem seu lado positivo, pois são chamados de que precisamos acordar e conhecer o que temos no nosso interior. São chamados de que precisamos entender o que precisa ser curado, o que precisa ser deixado para que uma nova atitude e pensamento tome lugar. E volto a repetir: o amor é produto desse conhecimento, capricorniano. Conhecer-se é a porta para que nada mais consiga afetar você.

O amor nasceu para nos preencher, mas ele só vai tomar esse espaço quando você se esvaziar das suas mágoas, das más recordações, das raivas e outros sentimentos de que você vem alimentando e no final de tudo estão te comendo por dentro. Se libere. Deixe o amor entrar. Está na hora. Chegou a hora de você aceitar, Capricórnio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar