RevisadoSem signo

Perdoa e vai embora

O Guru Astral nem sabe como vai começar este texto, mas eu vou tentar. Talvez esteja naquele momento em que você queira desistir de tudo na sua vida porque parece que nada tá dando certo e nada tá se encaixando como você gostaria. Muitas pessoas já te abraçaram falando que nem sempre vai ser como a gente quer e que é melhor assim. Só que já se passou muito tempo ou então quase sempre foi assim, e hoje você não encontrou porto seguro em nenhum lugar que procurou. A caminhada com certeza é muito mais bonita do que ir parar num lugar único, o problema é quando a gente já está caminhando tempo demais e nos cansamos o suficiente para continuar. Às vezes é bom a gente encontrar lugares, situações e guruzinhas e guruzinhos que nasceram para ser uma âncora por alguns momentos.

E aí você fica se debatendo por tempo o bastante sobre aqueles que não querem ficar e fazem todo esforço possível para que você saia da vida deles. Você não consegue entender por que você se doa tanto para aquela causa e parece que nada faz sentido. Você sente que houve muita gratidão do outro lado e se pergunta se você era uma pessoa boa para poder ser vista como tal. São milhões de coisas, e uma hora você vai apontar para o outro lado e vai acusar de algo que não aconteceu como você tava esperando. Pode ser que sim, que você tenha entendido errado, ou pode ser que o outro lado não tenha conseguido se explicar da forma que você entende que essa profundidade nunca existiu. E vai doer cada vez mais, porque você vai se ocupar querendo buscar um culpado para a dor que você está sentindo. Esse é um dos processos mais complicados que você pode estar passando na sua vida, mas isso não significa que você não vai sobreviver a ele.

Você não precisa perdoar e voltar a amar o outro lado como se nada tivesse acontecido. Você não precisa fingir que as coisas estão boas e que parou de doer. Às vezes a única coisa que você precisa é dar tempo a si e trabalhar o perdão conforme os dias foram passando. A vida vai se encarregar de te responder sobre o processo em que você abriu o coração para fazer. Mas a primeira coisa que você precisa fazer antes de perdoar o outro lado é perdoar a si e não se permitir sentir tanta coisa destrutiva dentro de você por algo que não vai te acompanhar até o final da sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar