RevisadoSem signo

Ele não te ama. E agora?

É. Você soube disso da pior forma possível, mas ok. A vida continua. Aliás, espera. Não ainda. Eu não posso te empurrar para viver assim de forma tão descabida. Não posso te forçar a superar isso e te empurrar em uma nova aventura. Você nem se recuperou da última. Você ainda nem se curou. Não é no tempo deles. É no seu. Você vai cicatrizar. Aos poucos, mas vai. Por enquanto ainda tem que deixar doer. Ele foi horrível. Não por não te corresponder, porque ninguém tem obrigação a fazer isso, mas por lhe dar margem, por te fazer acreditar que ia ficar tudo bem quando nada estava bem. Você não precisa mais dele. É, sim. Você vai se lembrar das coisas boas que viveram, mas nessa hora você precisa se lembrar das coisas ruins que ele lhe disse e do que ele te fez.

Quando você estiver melhor, talvez você consiga emanar energias positivas e lidar melhor com isso. Talvez você chegue até a perdoar, mas enquanto isso não acontece, não se force a isso. Busque entender, sim, o que está acontecendo com você e o que te fez chegar onde está hoje, pois situações como essa vão acontecer de novo. É. Eu também gostaria que não acontecessem, mas elas vão, e vai doer pra caramba se você não estiver pronta para poder deixar ir. Pessoas ruins aparecem, e nós queremos que elas desapareçam, queremos que no dia que as conhecemos nem tivéssemos atendido o celular para não ter perdido tempo com mais uma decepção. Mas aconteceu. Nunca sabemos quando estamos prestes a perder as esperanças, a sofrer traição, mas ainda assim acontece. Não está na nossa mão controlar isso, embora seria ótimo se pudéssemos controlar.

Por mais que tenha acontecido várias coisas, você não pode culpar a outra pessoa nem ficar vivendo no passado. Eu sei que isso é contradizer o que o Guru Astral acabou de dizer, de não sentir e de você tentar buscar ser o melhor numa situação extremamente ruim. Mas de uma certa forma a gente tem que buscar a si mesmo, buscar o nosso melhor para não ficarmos afligidos por sentimentos que só vão nos levar para baixo.

Ele não te amou nem conseguiu te amar, porque às vezes isso pode até não estar escrito na sua história, ou então por que ele tenha sido tão insensível a ponto de não perceber o tamanho da tua grandeza. No final das contas, não é ele que sai perdendo ou então você, que está numa pior. No final das contas, é apenas um processo que a gente precisa viver para experimentar e perceber que temos que superar as nossas próprias dificuldades em entender que o outro às vezes não vai conseguir fazer isso por si mesmo.

Não vai ser da forma como a gente quer sempre, e eu acredito que, mesmo que eu ainda não tenha provado esse resultado, o Universo tem algo muito melhor reservado para a gente. A questão é sempre ter paciência e agradecer pelas dificuldades que vão continuar aparecendo e a gente precisa continuar vencendo sempre. Um dia você uma pessoa vai te amar, e não vai precisar fazer um esforço hercúleo para permitir que ela te veja como você realmente é.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar