RevisadoSem signo

A diferença entre perdoar e esquecer

Eu canso de ver aquelas pessoas que estufam o peito e falam com bastante orgulho sobre a capacidade que elas têm de perdoar as outras pessoas. Vejo até que existe uma determinada nobreza na intenção delas de perdoar as outras pessoas para poderem seguir em frente sem nenhuma carga mais nos ombros delas. Mas isso não significa que elas tenham conseguido atingir o estado do perdão.

Porque o perdão acaba sendo algo que vai muito além da nossa compreensão e nos faz entender que para a gente conseguir chegar até ele nós temos que abrir mão de muitas coisas, principalmente das mágoas. O perdão faz com que a gente acabe seguindo a nossa vida sem lembrar aquilo que aconteceu lá atrás com dor ou arrependimento. A gente passa a entender que as coisas foram feitas para acontecer daquela maneira e que a gente não tem mais o que ficar pesando para poder justificar maneiras de que nós ou a outra pessoa deve perdoar.

O perdão nos liberta de muitas coisas, principalmente do julgamento. Então é muito importante que a gente tenha isso na nossa mente, porque às vezes a gente pega falando que somos capazes de perdoar sendo que nós não amadurecemos o suficiente para poder chegar nesse estágio.

Quando você perdoa, é fato que você esquece aquela dor e aquele momento que ficou marcado como algo negativo. Então às vezes a gente pode até desculpar, mas se você ainda se lembrar disso e se você ainda sente isso pesando no presente, não deve ter perdoado. Isso significa que ainda existe algo a ser resolvido.

Existem diversos processos no meio disso tudo, e às vezes a gente precisa entender que perder um pouco daquilo que nós achamos que deve estar certo ou errado é a melhor forma de conseguir passar por um período que nos machucou. Para esquecer, a gente precisa entender aquela lição que foi passada e não ficar mais contando que algo precisa ser entendido e que nós estávamos certos ou então que a outra pessoa precisa entender de uma vez por todas que ela agiu como a pior pessoa.

Ter a necessidade de lembrar faz com que a gente não consiga se desvencilhar das coisas que aconteceram. Esquecer, uma vez que se perdoa, é ter a vida mais leve e mais simples de todos esses pesos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar