RevisadoSem signo

As dificuldades da sua vida normal

Eu me lembro do seu estágio primitivo até o mais “lapidado”, que, acredite, não é o que você veste hoje. Com o tempo você foi deixando o seu ar mais pesado e dando molde a um ser mais elevado, consciente e não tão metido consigo mesmo. Você não passou por dificuldades nas outras vidas, mas esteve frente a elas. Tentei ao máximo não te envolver nisso, mesmo quando eu estava envolvida até o último fio de cabelo. Nada mudou.

Hoje eu olho para o que você se tornou, o que você é capaz, e sou grata. Só que, querido, eu não estou pronta para te perder de novo. Essa é a realidade. Não se preocupe. Não estou falando de morte física. Eu não tô pronta para ver você escolher por becos sem saída. Se fosse essa vida, uma primeira vida nossa… Eu não falaria nada, mas não é. Então, antes que isso aconteça, eu prefiro ir.

Eu vou te acompanhar nessa passagem até um período. Haverá uma hora que você deverá estar só, mas jamais em abandono. Boa parte disso vai terminar de colocar em xeque o seu ego, pois o que está por vir é mesmo muito bom, mas talvez lhe seja a maior prova se você foi capaz ou não de captar ou aprender por tudo o que passou. Existirão pessoas que vão voltar para te trazer ao seu ego mais uma vez.

Bem, entenda… Você não deve se desfazer do seu ego completamente, pelo menos não agora. Se o ego existe, ele é necessário. Para essa vida, o ego faz parte de uma identidade e a identificação das próprias limitações. Ter limites é positivo, entretanto, tudo que é extremo é nocivo, e é disso que falei um pouco mais acima. O meio onde você vive, as pessoas que você se relaciona, tudo voltará com muito mais intensidade do que antes e pode ser que você experimente novamente a sensação dos seus 19 anos. Você vai precisar identificar isso ou mais tarde o seu deserto voltará para mais uma nova passagem.

Às vezes é necessário alguns sacrifícios para conhecermos quem nós somos de verdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar