RevisadoSem signo

A ansiedade

Antes de começarmos, o Guru Astral quer deixar claro que qualquer sintoma que você ou outra pessoa que você conheça venha a sentir, onde as coisas parecem estar um tanto fora do controle e onde não há um bem-estar, deve ser comunicado aos familiares, amigos e principalmente a um profissional na área da saúde. Tem vezes que apenas não conseguimos lidar com nossas questões, e não há nada de errado nisso. Ansiedade pode ser tratada. 

Não há nada de errado em precisar de ajuda, mas dar o primeiro passo é fundamental que as coisas fiquem bem e voltem ao seu estado normal.

Bem, tendo isso em vista, hoje vamos tratar um pouco sobre a ansiedade e como você pode lidar com isso. Não sou um especialista no assunto, mas como Guru Astral, o meu dever é ajudar a tentar aliviar um pouco dessa carga que você pode estar sentindo em cima dos seus ombros todos os dias. 

Não adianta eu ou qualquer pessoa lhe falar para você se acalmar. Isso simplesmente não adianta quando se tem ansiedade.

É como simplesmente você tivesse uma ferida grave que arde e jorra sangue e a pessoa de fora jogasse um pacote de curativos em cima dele esperando que você resolva isso por conta própria. Não é assim que as coisas funcionam. Seu coração ainda não saberá lidar muito bem com isso, mas com certeza ele será um dos primeiros afetados e isso, provavelmente, vai te assustar. Frases como “Vai passar” ou “É só uma fase” lhe ajudam ainda mais a aumentar o seu quadro. As guruzinhas e guruzinhos não entendem e parecem não fazer um grande esforço para entender.

Enquanto isso, sua mente não para de trabalhar, de pensar.

Ela pode ir desde um fiasco amoroso até a programação de trabalho em segundos. No meio disso, seus medos começam a te aterrorizar e o pior: o medo do futuro se apresenta e não tem qualquer intenção de te deixar ir. Isso afeta o seu sono, o seu apetite, a sua disposição, as suas relações com as pessoas, a sua vida. 

 “Mas isso tem cura?” Sim, tem. O que, como qualquer tratamento, não será fácil, mas terá êxito se houver persistência. E não, desistir e tentar de novo não te torna alguém fraco. Isso faz parte do seu processo também. Muitas vezes precisamos cair para nós levantarmos mais fortes, então não assuma totalmente essa responsabilidade, mas apenas dê seu primeiro passo.

Mesmo que muitas pessoas à sua volta não entendam, elas precisam, sim, saber que você lida com isso. Ao menos estão avisadas, e então você poderá buscar por aquelas que lhe darão a mão e vão estar contigo nesse momento. Dê o primeiro passo, confie. Você vai vencer essa batalha. 

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar