RevisadoSem signo

Aos olhos dela

Você nem tinha me olhado. Nem reparou como eu estava nervosa por trás da minha capa de sabichona, mas seu irmão percebeu. Na verdade… ele quis conhecer o que eu tinha de melhor. A minha essência, e me ofereceu uma plataforma para entrar no coração dele.

Mas… só quis olhar para como ele poderia me pisar em todos os anos que viriam. Contando agora… o tempo… mudou. É difícil admitir, mas talvez ele tenha sido seu único sonho na vida de verdade. Por alguma razão você se envergonha. Sonhar com um homem? Com um rapaz que pode cair fora quando bem entender, porque tem dinheiro, porque é bonito, bem-sucedido e tem as mulheres a qualquer momento que deseja.

Mas os anos passam, você passa a compreender que o sonho de ter aquela pessoa é maior. Pois ela te leva a se desenvolver e a amar outras coisas, outras pessoas e a querer se descobrir profundamente. Se autoafirmar. E descobre também que todo o dinheiro, toda a notoriedade e todas as garotas do mundo para ele nunca serão suficientes para suprir o bem que você é capaz de fazer e manter.

Aquela paz que só o amor pode plantar. Eu detesto ter dúvidas. Eu detesto ter de fugir para me encontrar todas as vezes no mesmo lugar…

Em você.

Quantas horas de sono eu perdi pensando nele? Quantos dias eu chorei por não poder ocupar o lugar que elas insistiam em me tomar e como eu seguia decepcionada por ele deixar? Não. Agora era diferente. As lágrimas quase não saíam mais.

Você pode me amar muito, mas eu acho que tenho limites para imaginar que o mundo é tão grande e que você não é único. Eu não quero nada de você, mas eu sou uma pessoa eternamente grata quando quem eu considero oferece a mão.

Quando é seguro de que a vida é para correr riscos, acolher aqueles que para nós importam e que não há graça nenhum em vê-los passando pelo diabo que passamos no passado. Mas é algo que ainda terá de aprender.

Com seus filhos, talvez.

Quando não quiser que apontem o dedo para você assim que negar ajuda com seus argumentos cheios de falsa superação. A vida não funciona mais dessa forma.

Esses seus termos são o desperdiçar da felicidade.

Eu não sou eles.

Eu não sou elas.

Apenas desejei estar com você de forma que eu não estivesse com um protótipo de Deus.

Será que me entende? Os tempos mudaram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar