RevisadoSigno de Peixes

Amantes… O que Peixes pode pensar disso? 

Amantes. No sentindo mais tenso da palavra. Quando realmente alguém de quem a gente gosta está saindo com outra pessoa pelas nossas costas. Nós contamos com aquela lealdade, com aquele companheirismo, mas parece que isso não significa nada. Estamos sendo passados para trás. Isso faz com que a gente não acredite no que estamos vendo em frente aos nossos olhos. Fizemos tantos planos. Construímos tantos castelos para depois aquela pessoa não estar mais ali em um passe de mágica. Isso não é uma dificuldade comum do signo de Peixes. Isso acontece muito com muita gente por aí. E sempre é preciso recomeçar, colocar a cabeça no lugar. Eu sei que o Guru Astral poderia ter começado esse texto de forma diferente, mas não sei… Eu acho que preciso falar um pouco pelo outro lado também. A gente tem essa mania de ficar apontando o dedo para as outras guruzinhas e guruzinhos e não nos ligamos que todas as pessoas possuem suas motivações.

O amor não tem lugar para acontecer, sabe? Às vezes ele só nos pega desprevenidos. Às vezes encontramos a pessoa da nossa vida estando com uma outra que juramos amor eterno. Temos de ser condenados por isso? Acho que não. A vida acontece assim também. Nada é programado. Estamos sempre abertos para o sentimento desde que ele seja verdadeiro. Lógico que temos que ser sinceros. Não podemos fugir de nossas responsabilidades. Assumimos compromissos e damos nossa certeza para as pessoas que estão à nossa volta. Elas não são obrigadas a entender sempre o que está acontecendo, mas ao menos entender que tentamos, mas agora seguiremos um caminho completamente diferente do que achamos que íamos fazer.

Para Peixes é fácil aceitar isso? Não. Na verdade não é fácil para ninguém. Só que Peixes tem uma forma mais romântica para lidar com as coisas. Se é pra entrar numa jogada, tem que ser de corpo inteiro. O que ficou para fora da história, vai ficar fora. Duas pessoas resolveram se amar, e então… de uma hora para outra, tudo o que foi pensado pode desmoronar. Faz parte, só que quem garante que estamos preparados? Peixes pode jurar de pés juntos que está, mas no fundo nem sempre está. Na verdade… não está. O amor pra Peixes é verdade demais, acaba se iludindo e, quando cai na realidade, pode se chocar com o que vê.

O amor que é de verdade aprende que deixar para lá e seguir também é continuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar