RevisadoSem signo

A despedida dele

Muita gente critica essa minha postura de ficar fechado e metido comigo mesmo. As pessoas dizem que eu sou feio demais e que não sou capaz de sentir qualquer coisa, a não ser o meu próprio egoísmo. Porém, na hora de se lembrar das coisas boas que são feitas, isso nem sequer passa pela maioria das cabeças. É sempre o mesmo papo e a mesma maneira de falar: está todo mundo tentando apontar um defeito que me fez virar fruta podre no meio de tanta gente que nem se importa em amar o outro de coração aberto.

Não é aquele objetivo de ficar apontando para as pessoas que também apontaram para mim. Acho que isso não quer dizer nada e não vai mudar nada do que está acontecendo. Mas depois de tanto relutar e pensar que eu deveria falar alguma coisa a respeito, achei que a melhor coisa que eu deveria fazer era cair fora. Então eu comunico que é exatamente isso que eu estou fazendo. No meio disso tudo, muitas pessoas também vão falar que estou me fazendo de vítima e que nem mereço ser ouvido por tudo o que já passei.

Só que falar sobre essas circunstâncias é continuar em uma roda que não para de girar e continua parando sempre no mesmo lugar. Aprendi que se a gente quer algo diferente, é necessário também abrir mão de pessoas. Tô abrindo mão mesmo dessas pessoas que acham que sabem sobre o segredo da vida. Eu não estou mais a fim de ficar debatendo e tentando mostrar que nenhum de nós está certo, mas os caminhos mais corretos são aqueles onde a gente admite que existem erros sendo cometidos por nós todos os dias.

Uma pessoa que não admite o seu erro e que acha que está fazendo a melhor coisa por si mesmo e também pelas pessoas que estão acompanhando e até sofrendo não precisa mais ter a minha atenção. Uma pessoa dessas acaba de mostrar que é extremamente egoísta e que não vai ver nada além dela. Isso não impede que a gente goste dessa pessoa pelos pontos positivos que ela tem. Todos nós temos o nosso lado luz, que merece ser valorizado, o problema é quando o nosso lado sombra vem para poder afogar esse outro lado que é tão bonito.

Eu cansei de ser apontado como o vilão, mas se para isso eu tiver que sair e continuar sendo apontado assim, eu não me importo. Eu vou fazer aquilo que coloca minha consciência em um estágio tranquilo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar